Conceito

O CONDOMÍNIO abre portas para a ocupação temporária de casas e espaços privados, com o intuito de divulgar o panorama artístico e cultural da cidade de Lisboa.

Num ambiente descontraído, de convívio e de intervenção independente, são partilhados e discutidos vários projectos, ao mesmo tempo que se vai desvendando o património arquitectónico da cidade. A par de uma programação multidisciplinar, o CONDOMÍNIO encoraja a adopção de um modo mais saudável e sustentável de viver a cidade.

Em Lisboa tem a duração de um fim-de-semana e realiza-se entre duas a três vezes por ano. Cada edição é antecedida por um período de Inscrições Abertas, tanto para Casas como para Projectos, durante o qual qualquer pessoa ou colectivo se pode inscrever. Para além dos projectos selecionados através de candidatura, o CONDOMÍNIO e os seus parceiros convidam projectos de interesse local a integrar a programação, promovendo assim a sua divulgação. Em média são programados trinta projectos por edição.

O CONDOMÍNIO baseia-se nos seguintes princípios:

  • Ocupação temporária de espaços sempre diferentes, com o intuito de mostrar a diversidade e riqueza arquitectónica, assim como a vida dos diferentes bairros de Lisboa;
  • Programação multidisciplinar, que abrange a apresentação de espectáculos de dança, teatro, performance ou música, sessões de cinema ou videoarte, instalações, exposições, leituras, mostras e oficinas;
  • Mostra de artistas e projectos emergentes que apresentem novas propostas a nível urbano, artístico, social ou cultural;
  • Conversas informais sobre tópicos relevantes para a reflexão sobre a cidade, arte, cultura e sustentabilidade, impulsionando uma forma mais consciente de estar na cidade, aliada a hábitos de convívio, partilha e alimentação saudáveis;
  • Programação de projectos pensados ou adaptados a cada espaço habitacional e tendo em conta as suas particularidades, assumindo a importância da redescoberta do património arquitectónico e emocional do interior dos espaços habitacionais de Lisboa;
  • Programação de projectos  locais mas também oriundos de outras cidades e países;
  • Oferta de uma culinária económica e confeccionada com produtos biológicos da época.

O CONDOMÍNIO não depende de apoios ou subsídios financeiros, existindo graças ao trabalho voluntário e à dedicação da sua equipa. Ainda que mantendo uma política de entrada livre, o CONDOMÍNIO sensibiliza o público para a importância da contribuição através de donativo. Para que o festival possa ser sustentável é também organizado um bar com bebidas, petiscos e jantares. Todo o montante angariado através da receita obtida é distribuído equitativamente pelos Anfitriões, Projectos e Organização.

De forma a construir uma relação com a comunidade local o CONDOMÍNIO procura estabelecer, a cada edição, parcerias com as instituições e associações de cada zona em que está presente. A MIOSÓTIS, as CONVERSAS Lisboa e a ROULOTE – Projectos Artísticos assumem-se como parceiros permanentes.

Actualmente, o CONDOMÍNIO está a expandir-se para fora dos limites geográficos de Lisboa. A cidade de Évora teve a sua primeira edição em Abril de 2016, organizada por uma equipa local. Mais informações sobre o CONDOMÍNIO | Évora: website

Anúncios